Arquivo do autor:Elis Baki

Sobre Elis Baki

Filha de Eliane e João, irmã de Ewaldo, noiva de Yucel. Brasileira de nascença, portuguesa por formação e turca por coração, já foi balconista de loja de uniformes, cantora de banda de igreja e caloura de Curso de Moda (como muitas outras)... Hoje pesquisa tendências por aí, não canta mais nem no chuveiro e enlouquece entre livros, artigos, revistas e tudo mais que possa ter informações sobre o seu tema da Tese de Mestrado.... No futuro só Deus sabe, o que vai ser dessa Catarina...

Balanço de tendências de Milão para o Verão 2012

Padrão

A semana de moda de Milão foi mais sobre vozes (ou estilos) individuais do que sobre estilistas apresentando tendências bem definidas, como aconteceu em Nova York e Londres. Por isso, seria um tanto extensivo listar tudo o que apareceu nas passarelas italianas. Porém, ainda assim, é possível encontrar alguns rumos (e elementos também) que vão nortear o verão 2012 das marcas por lá.

Prada, Dolce & Gabbana e Fendi

 

Uma imagem (e ideia) nostálgica de uma Itália pré-Berlusconi e programas de auditório e reality shows pareceu dominante na mente de algumas das principais coleções. Dolce & Gabbana, Fendi e Prada foram apenas algumas das marcas que acionaram referências dos anos 1950 e 1960, típicas de cenas cinematográficas meio felinianas, para falar de uma moda real, 100% focada no dia a dia das mulheres. Entre os principais elementos desse caminho temos as saias amplas de cintura alta (de preferência plissadas), os casaquetos e cardigans mais próximos ao corpo e tops tipo bustiê ou com estruturas de corset.

Aquilano.Rimondi, Marni e Jil Sander

 

Ainda nesse clima de roupas reais, para o dia a dia da mulher atual, diversos estilistas abordaram suas coleções sob um ponto de vista bem modernista – no sentido de aplicar formas puras, design simples, de maneira quase que progressista. A ordem aqui é simplificar. Menos é mais, num minimalismo nada sem graça, onde o passado é transportado e remoldado para o presente em total sintonia com técnicas e visões contemporâneas. Exemplos? As várias reinterpretações de uma camisa branca (e vestidos 50’s) pela Jil Sander, ou o renascimento do século 21 e de formas quase futuristas de Aquilano.Rimondi.

 

Prada, Jil Sander e Dolce & Gabbana

 

Seja lá qual dos dois caminhos mencionados acima, havia uma constante feminilidade nas coleções apresentadas em Milão. Seja por formas que desenhavam as curvas do corpo feminino, seja por elementos e valores tipicamente associados a tal universo. Daí os recortes de decotes que enfatizam e revelam ombros e colos, as cinturas sempre marcadas e a polêmica barriga de fora, mas de um jeito quase pin-up.

 

 

Nas passarelas de Milão,franjas e plissados são tendência para o próximo verão

Padrão

Esqueça o setentismo que dominou a moda nos últimos meses e prepare-se para voltar algumas décadas no túnel da moda na próxima estação. Os anos 20 estão definitivamente de volta e os desfiles de Milão comprovam os sinais que já têm aparecido nas outras semanas de moda. Pense em silhueta tubular e cintura não marcada, mas, sobretudo, em dois detalhes que transmitem o charme da década no ato: franjas e plissados.

Franjas na passarela de Milão

 

Já os plissados, tendência já consagrada, mostram que vieram para ficar por mais uma temporada. A Prada, campeã em emplacar modismos a cada estação, é uma das que investiu nas pregas femininas em duas versões: seda (tecido mais comum para se trabalhar o efeito) e couro.

Plissados Prada

Tom Pastel invade a passarela de Londres

Padrão

Pastel com metálicos e pastel metalizado – Que os metálicos deverão dominar a próxima temporada de moda, ninguém duvida. Sim, isso já é quase certo para o próximo verão, porém os metálicos podem aparecer combinados com o tom pastel, como vimos no vestido da Topshop Unique (primeira foto), ou com o acabamento metalizado, como aconteceu na nova coleção de Christopher Kane (demais fotos).

Pastel + metálico

 

Vestidos – O vestido de cores clarinhas deverá ser a próxima aposta para um verão suave. Já vimos que algumas famosas estão adiantadas na tendência pastel no tapete vermelho, e por enquanto temos o tom pastel no vestido de Paul Smith (primeira foto), o amarelinho com renda da Erdem (segunda foto), o icônico modelo de Issa em rosinha claro (terceira foto), e mais amarelinho na Mulberry.

 

Listras e degradês – Os mix continuam – cada vez mais suaves -, você pode montar uma produção somando vários tons pastel no mesmo look. Jonathan Saunders aplicou o degradê na saia e combinou com o blazer salmão (primeira foto). A Mulberry aposta nas listras grossas, intercalando diferentes tons (segunda foto). Desta vez a Issa destacou o acabamento com tons mais vibrantes (terceira foto). A Clements Ribeiro continua com a mistura de estampas no look todo pastel (última foto).

Pastel de todos os sabores.
Fotos: Reprodução

Estilo Adele de ser

Padrão

A cantora inglesa Adele, que vem arrebatando corações com suas canções, é dona de um corpo plus size. Adele chama a atenção porque é cheia de personalidade, especialmente em relação a seus penteados e make up. Ela tem uma predileção pela imagem retrô, costuma aparecer em público com os olhos bem marcados por traços de delineador, usa cílios postiços e seus penteados são elaborados, com claro destaque para os volumes. Ora seus cabelos estão com um rabo baixo ou semi-presos, como nos anos 60, ora estão envoltos em precisos coques, arrematados por redinhas e outros acessórios.

Adele

Quando soltos, os fios ganham o balanço de cachos e ondas.Para completar o make, seus olhos ganham destaque também com sombras coloridas e metalizadas ou aplicação de glitter.

A Dama de Preto

Sua principal aposta de estilo são os vestidos repletos de toques femininos, como laços e rendas. A cantora varia pouco nas cores, azul-marinho e preto aparecem em destaque, especialmente em shows e premiações, como na última edição do Video Music Awards, de onde saiu com três prêmios. No começo da carreira, aos 20 anos, era mais comum vê-la misturando estampas. Hoje, a neutralidade reina em seus looks.

Mas é na música que ela se torna rainha, sua voz inconfundível se mistura a arranjos que remetem ao soul, ao pop e também ao blues, tem conquistado cada vez mais adimiradores ao redor do mundo. Pra quem ainda não conhece, aqui vai um pouquinho de Adele…